MENU
Portos e estaleiros
Menu
Início Porto do Açu e GNA fazem anúncio de projeto voltado para infraestrutura e energia

Porto do Açu e GNA fazem anúncio de projeto voltado para infraestrutura e energia

fevereiro 4, 2022 às 7:37 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O Porto do Açu e o GNA anunciaram um projeto de investimento bilionário para obras de infraestrutura e energia, visando melhorias nas operações no setor portuário brasileiro
O Porto do Açu e o GNA anunciaram um projeto de investimento bilionário para obras de infraestrutura e energia, visando melhorias nas operações no setor portuário brasileiro. Fonte: Divulgação

O Porto do Açu e o GNA anunciaram um projeto de investimento bilionário para obras de infraestrutura e energia, visando melhorias nas operações no setor portuário brasileiro

Durante esta última segunda-feira, (31/01), o Porto do Açu e a Gás Natural Açu (GNA) anunciaram a realização de um projeto que contará com R$ 6 bilhões de investimentos em infraestrutura e energia no local. O complexo portuário será beneficiado com obras que visam a criação de um ramal ferroviário, acessos rodoviários e uma usina de gás natural no local.

Leia também:

Projeto do Porto do Açu e GNA com foco na infraestrutura e energia visa criação de usina de gás natural e ramal ferroviário

Com o objetivo de expandir ainda mais a sua presença no setor portuário brasileiro, o Porto do Açu e o GNA anunciaram um projeto voltado para as áreas da infraestrutura e energia, que receberão cerca de R$ 6 bilhões de investimentos para as obras de ampliação dos acessos rodoviários ao porto, a construção de um ramal ferroviário e o lançamento da pedra fundamental da UTE GNA II, que irá oficializar o início das obras da maior usina a gás natural do Brasil, com 1.673 MW.

O acordo foi assinado entre o Porto do Açu e o Departamento Estadual de Estradas e Rodagem (DER/RJ) e o CEO do Porto do Açu fez a entrega dos estudos técnicos de engenharia que serão requeridos para a aprovação do licenciamento, orçadas em R$ 396 milhões. Ampliar os acessos rodoviários e criar um novo ramal ferroviário são pontos essenciais para garantir melhorias na infraestrutura do Porto do Açu e oferecer uma logística de qualidade para a movimentação de carga. 

Por fim, o projeto do GNA incluiu o lançamento a pedra fundamental da UTE GNA II, que contará com investimentos de mais de R$ 5 bilhões e se tornará a maior usina a gás natural do Brasil. A usina terá um total de 1.673 MW de capacidade, o que equivale a cerca de 10% de toda a capacidade da geração a partir desse recurso disponível hoje no Sistema Interligado Nacional (SIN), além de garantir o abastecimento de 8 milhões de casas.

Representantes do Porto do Açu comemoram projeto de investimentos na infraestrutura e na criação de uma usina para o complexo

A implantação da usina é um dos principais pontos desse acordo, já que está voltado para o setor da energia dentro do complexo e, para a construção, o GNA e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assinaram em 2021 um contrato de financiamento no valor de R$ R$ 3,93 bilhões. 

Assim, Bernardo Perseke, CEO da GNA, comemora a divulgação do plano de investimentos em energia e infraestrutura e afirma: “Celebramos hoje oficialmente o início das obras da UTE GNA II. Um grande passo para a consolidação do nosso parque de geração a gás, o maior da América Latina. Um empreendimento estruturante para o país e que vai gerar milhares de empregos, trazendo ainda mais segurança e resiliência ao setor elétrico. Agradecemos a confiança de nossos colaboradores, acionistas, empresas responsáveis pela construção, financiadores, bem como o apoio dos órgãos reguladores e institucionais, nas esferas federal, estadual e municipal, que entendem a importância da GNA como um vetor de crescimento do mercado de gás e energia para o país”.

A iniciativa do GNA e do Porto do Açu vem em um momento essencial na transição energética do Brasil, uma vez que abre portas para o mercado de gás natural e impulsiona novos projetos e investimentos dentro desse segmento.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes