MENU
Portos e estaleiros
Menu
Início Representantes da Arsepam realizam visita técnica no Porto de Manaquiri para verificar qualidade do transporte hidroviário

Representantes da Arsepam realizam visita técnica no Porto de Manaquiri para verificar qualidade do transporte hidroviário

outubro 6, 2021 às 9:11 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Preocupados com o bem-estar da população, a Arsepam realizou uma visita no Porto de Manaquiri, para vistoriar as embarcações que funcionam como transporte hidroviário
Preocupados com o bem-estar da população, a Arsepam realizou uma visita no Porto de Manaquiri, para vistoriar as embarcações que funcionam como transporte hidroviário. Fonte: Marcos Guimarães

Preocupados com o bem-estar da população, a Arsepam realizou recentemente, uma visita no Porto de Manaquiri, para vistoriar as embarcações que transportam os passageiros no local

Nessa última segunda-feira, (04/10), a Instalação Portuária Pública de Pequeno Porte (IP4) de Manaquiri recebeu a visita da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam). Segundo a Lei n° 5.604, de 16 de setembro deste ano, a vistoria foi realizada no Serviço Público de Transporte Hidroviário Intermunicipal de Passageiros e Cargas (SPTHI), um dos principais meios de transporte utilizados naquela região, onde está situado o Porto de Manaquiri. Apesar do pequeno porte, o Porto possui uma grande importância para os moradores da região, assim como, para o setor portuário.

Leia também:

Porto de Manaquiri recebe visita técnica da Arsepam para explicar como funciona o local e a sua importância para a população

Profissionais da Arsepam realizam visita técnica para verificar o andamento do transporte hidroviário no local. Afinal, esse serviço público é o principal meio de transporte utilizado pela comunidade, para se deslocar de um local para outro. Mesmo que o Porto de Manaquiri seja de pequeno porte, ele possui entre 7 à 9 embarcações, que funcionam diariamente. Já em relação movimentação de cargas, essa acontece por semana, devido ao fato de possuir somente duas unidades para realizar a operação.

O fato de possuir técnicos no local não significa, necessariamente, que o porto está com algum problema. Muito pelo contrário! Acredita-se que com essa vistoria, a possibilidade de evitar problemas no local que possam comprometer a região, e que venham a ser resolvidos, antes de atingir o setor portuário. De acordo com João Rufino Júnior, diretor-presidente da Arsepam, a realização dessas visitas técnicas é de suma importância para que o Porto de Manaquiri funcione normalmente, beneficiando a comunidade local, uma vez que é onde abriga o principal meio de transporte.

Segundo o diretor-presidente, “precisamos conhecer a realidade desses municípios, desses portos, dessas instalações e suas linhas. No caso de Manaquiri, as principais linhas são para Manaus e Manacapuru. Aqui conhecemos a infraestrutura portuária, ainda que seja uma competência do DNIT [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes], mas a intenção é que possamos trabalhar em conjunto para que o serviço possa ser de fato adequado para a população do Amazonas”.

Quais foram os resultados obtidos com a vistoria no Serviço Público de Transporte Hidroviário Intermunicipal de Passageiros e Cargas (SPTHI)?

Quanto às informações coletadas, elas irão servir como um instrumento de análise, para que a situação do transporte hidroviário seja sempre eficaz, para que não comprometa a população local. Além disso, essa vistoria também serve como uma avaliação técnica, para saber se existe algum problema que impeça o funcionamento do Porto de Manaquiri.

Sobre a visita da Arsepam, Marcelo Martins Rodrigues, representante que está à frente do porto, revelou que “é sempre bom acompanhar o transporte de passageiros da nossa cidade, até porque vêm para cá visitantes de outros municípios. Estamos dispostos a atender a população da melhor forma possível”.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes