Início Maersk acelera seu projeto de sustentabilidade para zerar a emissão de carbono até o ano de 2040

Maersk acelera seu projeto de sustentabilidade para zerar a emissão de carbono até o ano de 2040

janeiro 18, 2022 às 11:11 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A gigante no transporte de cargas, Maersk, está acelerando o seu projeto de sustentabilidade para zerar a emissão de carbono até o ano de 2040 nas operações dos portos
A gigante no transporte de cargas, Maersk, está acelerando o seu projeto de sustentabilidade para zerar a emissão de carbono até o ano de 2040 nas operações dos portos. Fonte: Divulgação

A gigante no transporte de cargas Maersk está acelerando o seu projeto de sustentabilidade para zerar a emissão de carbono até o ano de 2040 nas operações dos portos

Durante esta última sexta-feira, (14/01), a gigante no ramo do transporte de cargas Maersk anunciou novas metas para o seu projeto de sustentabilidade. A empresa pretende acelerar a redução de gases poluentes e zerar a emissão de carbono até o ano de 2040 em todas as suas operações nos portos do mercado global.

Confira outros artigos relacionados:

Projeto de sustentabilidade da Maersk está acelerado para zerar a emissão de carbono nas operações dos portos até o ano de 2040

A Maersk está cada vez mais investida em levar mais sustentabilidade para as suas operações nos portos e, nesta última quarta-feira, anunciou novas metas sustentáveis com o objetivo de alinhar a empresa com os critérios da iniciativa Science Based Targets – SBTi (Metas Baseadas na Ciência, em tradução livre) para limitar o aquecimento global nos próximos anos. Assim, a companhia pretende zerar a emissão de carbono nas operações até o ano de 2040, com o intuito de acelerar o processo cada vez mais. 

Soren Skou, CEO da A.P. Moller – Maersk, comentou sobre os novos alinhamentos da empresa em relação ao seu projeto de sustentabilidade e destacou que “como fornecedor global de serviços logísticos de ponta a ponta em todos os modais, é um imperativo estratégico para a Maersk estender o objetivo de zerar a emissão de carbono em todos os negócios. A ciência é clara e devemos agir agora para obter progressos significativos nesta década. Essas metas marcam nosso compromisso com a sociedade e com os clientes que exigem cadeias de suprimentos neutras em carbono”.

O objetivo principal da empresa com o projeto de sustentabilidade é promover cadeias de transporte de cargas com emissão zero de carbono. Isso irá contribuir para a agenda ambiental e ajudar na redução dos impactos como por exemplo o aquecimento global. A empresa segue com seus esforços para tornar as operações no setor portuário cada vez mais sustentáveis.

Maersk também segue com novas metas e objetivos voltados para a sustentabilidade até o ano de 2030 

Além do projeto inicial de sustentabilidade voltado para o objetivo de zerar a emissão de carbono no mercado nacional, a Maersk desenvolveu novas metas de curto prazo até o ano de 2030. Assim, as metas incluem uma redução de 50% nas emissões por contêiner transportado na frota da Maersk Ocean e uma redução de 70% nas emissões absolutas de terminais totalmente controlados. O objetivo principal é levar a reduções absolutas de emissões entre 35% e 50% em relação à linha de base de 2020.

Outro ponto principal do projeto da Maersk voltado para a sustentabilidade são investimentos na construção de um portfólio de soluções climáticas naturais que resultarão em uma redução aproximada de cinco milhões de toneladas de CO por ano até 2030. Essa iniciativa irá contribuir para a minimização dos impactos ambientais causados pela emissão desse gás, como por exemplo o aquecimento global, que vem afetando negativamente a cadeia produtiva dos portos no mundo inteiro. 

As metas estabelecidas para o ano de 2030 da Maersk foram desenvolvidas junto às soluções como o Emissions Dashboard da Maersk e o ECO Delivery. A empresa será a líder no setor de soluções sustentáveis na cadeia de transporte de cargas e servirá de referência para outras companhias no segmento. Com isso, a expansão da gigante do setor portuário será acompanhada de benefícios ao meio ambiente em conjunto com a agenda ambiental.

Relacionados
Mais recentes