MENU
Notícias
Menu
Início Conflito entre Ucrânia e Rússia ameaça importação nos portos brasileiros

Conflito entre Ucrânia e Rússia ameaça importação nos portos brasileiros

março 5, 2022 às 3:57 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O conflito que está ocorrendo entre a Ucrânia e a Rússia pode impactar negativamente a importação de granéis nos portos brasileiros, principalmente em relação às cargas de fertilizantes
O conflito que está ocorrendo entre a Ucrânia e a Rússia pode impactar negativamente a importação de granéis nos portos brasileiros, principalmente em relação às cargas de fertilizantes. Fonte: Reprodução

O conflito que está ocorrendo entre a Ucrânia e a Rússia pode impactar negativamente a importação de granéis nos portos brasileiros, principalmente em relação às cargas de fertilizantes

Em meio a conflitos armados entre a Rússia e a Ucrânia, os portos brasileiros se sentem cada vez mais ameaçados. Por esse motivo, a Portos do Paraná comentou recentemente sobre os possíveis impactos no mercado nacional. Até essa última sexta-feira, (04/03), com o agravamento da guerra entre os países, a importação de granéis no setor portuário nacional pode ser bastante afetada, em especial as cargas de fertilizantes, forte negócio com o território russo.

Leia também:

Enquanto a guerra segue no exterior, o setor portuário brasileiro segue em apreensão. Fonte: Twitter

Portos brasileiros podem ser afetados em relação à importação de cargas com o conflito armado entre Ucrânia e Rússia

A geopolítica internacional está cada vez mais instável e, durante os últimos dias, o governo russo anunciou uma invasão militar contra a Ucrânia, levando a sérios conflitos armados entre ambos os países. Assim, o mercado global está cada vez mais alerta em relação aos impactos dessa guerra e o território nacional não fica de fora desse cenário. Com o conflito, a importação de granéis nos portos brasileiros pode sofrer uma grande queda durante este mês.

Assim, os portos do Paraná se configuram como a principal porta de entrada dos fertilizantes no país e a administração dos portos paranaenses acompanha o momento de tensão no Leste Europeu, com atenção. Ainda está bastante cedo para ver os impactos reais do conflito no cenário nacional, mas a companhia Portos do Paraná adianta que é um momento de muita instabilidade para a importação de produtos, principalmente dos fertilizantes, os quais o Brasil tem um forte abastecimento por parte do mercado da Rússia.

Com isso, embora a Ucrânia não tenha forte influência sobre o mercado de portos do Brasil, a Rússia e países vizinhos que estão sendo afetados com o conflito formam grandes parcerias no cenário nacional. Isso acontece pois o território russo possui uma forte produção de fertilizantes e os portos brasileiros costumam realizar fortes operações de importação desses granéis. Agora, os complexos do Paraná continuam em estado de alerta e verificando quais são as possíveis medidas a serem tomadas dentro desse cenário de instabilidade internacional que está ocorrendo atualmente.

Sindicatos relacionados à importação de fertilizantes comentam sobre cenário instável nos portos internacionais

A influência do mercado russo dentro da importação de fertilizantes nos portos brasileiros preocupa bastante os representantes desse setor, uma vez que, das 11,5 milhões de toneladas importadas de fertilizante no ano passado, cerca de 2,35 milhões, mais de 20%, vieram da Rússia. Assim, com a entrada do país no conflito armado contra o território ucraniano, as operações portuárias e de exportação foram paralisadas e, com isso, toda a cadeia internacional de transporte marítimo de cargas foi bastante afetada.

Com isso, o gerente executivo do Sindicato da Indústria de Adubos e Corretivos Agrícolas no Estado do Paraná (Sindiadubos), Décio Luiz Gomes, comentou sobre todas as influências do conflito Rússia x Ucrânia no mercado nacional e destacou que “A apreensão é quanto os problemas logísticos para escoar esses produtos. A invasão da Rússia à Ucrânia complica ainda mais a situação que já estava delicada com a Belarus, outro importante mercado. Uma alternativa para o mercado brasileiro, na importação do produto, seria o Canadá, também grande produtor e exportador do cloreto. A redução da oferta mundial de fertilizantes certamente vai nos afetar”.

No entanto, os portos brasileiros ainda não foram afetados de forma direta pelo conflito, apesar de se prepararem para o grande baque na importação. Assim, o que resta ao mercado nacional em relação ao transporte de cargas é aguardar os próximos rumos que essa guerra irá tomar.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes