Tuesday, 30 de November de 2021

Capitania dos Portos de Sergipe abre inscrições para curso de formação de Aquaviários

O processo seletivo ofertado pela Capitania dos Portos de Sergipe está ofertando 15 vagas para o curso de formação de Aquaviários

Caso deseje participar desse processo seletivo ofertado pela Capitania dos Portos de Sergipe, alguns pré-requisitos serão necessários

Para quem buscar curso profissionalizante, essa pode ser a sua oportunidade! Nessa segunda-feira, 20, a Capitania dos Portos de Sergipe (CPS) deu início ao processo seletivo para o preenchimento de vagas para o curso de formação de Aquaviários, sendo ele para marinheiro auxiliar de máquinas e marinheiro auxiliar de convés (CFAQ-MAC/MAM). A princípio, o objetivo da CPS é fornecer uma formação profissional através dos cursos, que terão uma duração de 88 horas.

Continua Depois da Publicidade

Leia outros artigos e fique atualizado:

Quais são as exigências para participar do processo seletivo do curso de formação de Aquaviários oferecidos pela Capitania dos Portos de Sergipe?

Assim como todo processo seletivo, esse em específico, também necessita que alguns pré-requisitos sejam atendidos. Caso o candidato não possua um perfil compatível com o que está sendo buscado, ele perderá a oportunidade de participar do curso de formação de Aquaviários. A princípio, o número de vagas para os dois cursos de formação é referente a 15 futuros profissionais. Tornando assim, uma concorrência por vaga bem acirrada.

Para participar do processo seletivo, será necessário:

  • Escolaridade: a mínima exigida é possuir o 6º ano do Ensino Fundamental
  • Estar em dia com as obrigações militares e eleitorais
  • Ser brasileiro (a) nato ou naturalizado (a) de ambos os sexos
  • Ter no mínimo dezoito anos no ato da matrícula

Além disso, será necessário atender às demais condições estabelecidas e poderão ser encontradas no Edital do Processo Seletivo. Em suma, se o candidato se encaixou nesses quatro pré-requisitos básicos, há chances de conseguir uma das vagas.

Qual o período para se inscrever curso de formação de Aquaviários?

Quanto ao período de inscrição, esse ocorrerá de modo presencial e poderá ser realizada na Capitania dos Portos em Sergipe, no Grupo de Atendimento ao Público (GAP) que fica na Avenida Ivo do Prado, 752, Bairro São José. Fique atento as datas! As inscrições tiveram início nessa segunda-feira, 20, e seguem em aberto até o dia 19 de outubro, ou seja, quase um mês para se organizar e tentar mudar a sua vida profissional. É válido ressaltar que o atendimento nesse local é realizado de segunda a sexta-feira é das 8h20 às 11h40.

Em contrapartida, ambos os cursos de formação só terão início no dia 22 de novembro e seguirá até dia 6 de dezembro. Portanto, antes mesmo de conhecer os pré-requisitos, verifique se terá disponibilidade para marcar presença no curso do início ao fim. Caso contrário, irá somente ocupar uma vaga que poderia ser destinada para outra pessoa.

Qual o maior propósito do curso ofertado pela Capitania dos Portos de Sergipe?

Se você sonha em ingressar para a Marinha Mercante, conseguir uma vaga nesse curso poderá ser apenas o início de uma grande realização. Como o próprio nome do curso já revela, o intuito primordial dele é formar Marinheiro Auxiliar de Convés (MAC) e Marinheiro Auxiliar de Máquinas (MAM), que possam atuar a nível de equivalência 1.

Dessa forma, estará apto a realizar diversas funções previstas para as categorias. Assim, o candidato deverá estar habilitado para realizar serviços gerais de convés, além de oferecer apoio nas embarcações que possuem uma arqueação bruta menor que 300. Quanto a potência da máquina propulsora, essa deverá possuir o equivalente a 250 KW ou valor inferior. Sendo essas empregadas em navegação de apoio portuário ou interior, seguindo os limites pré-estabelecidos nas Normas e Procedimentos para as Capitanias (NPCP).

Para mais detalhes, o Edital do processo seletivo está disponível e poderá ser lido através do seguinte link abaixo:

Edital do processo seletivo CFAQ-MAC/MAM

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.