Thursday, 21 de October de 2021

Governo Federal cria novo programa que aprimorará gestão dos portos públicos

Governo – portos

Através do MInfra, o Governo Federal deu mais um passo importante na promoção da eficiência logística dos portos públicos federais

Na última semana o Governo Federal, através do Ministério da Infraestrutura, criou o programa Futuro do Setor Portuário, que reúne uma série de iniciativas para aprimorar a gestão, assegurar a qualidade do serviço prestado e modernizar os terminais portuários brasileiros. A iniciativa é mais um passo importante na promoção da eficiência logística dos portos públicos federais. Leia ainda esta notícia: Porto de Santos – Diversas vagas de emprego estão sendo oferecidas no setor portuário

Continua Depois da Publicidade

Detalhes sobre o programa criado pelo Governo Federal

O Futuro do Setor Portuário é coordenado pela Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA) e foi lançado pelo secretário-executivo do MInfra, Marcelo Sampaio, durante o anúncio dos vencedores do Prêmio Portos + Brasil, que reconhece as melhores iniciativas do setor. Conforme Sampaio, o programa faz parte da agenda de transformação digital do MInfra e do Governo Federal. A previsão é que o programa criado pelo Governo Federal na última semana intensifique a adoção de medidas de desburocratização dos procedimentos e de capacitação dos gestores, além de investimentos em tecnologia nos portos públicos pelo Brasil.

Diogo Piloni, secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, diz que algumas iniciativas já estão em andamento e outras serão implementadas. Em linhas gerais, são iniciativas para aumentar a competitividade do setor portuário, com a lógica de compartilhamento de responsabilidades e autonomia de gestão, diz Diogo.

O diretor do departamento de Gestão e Modernização Portuária da SNPTA, Otto Luiz Burlier ressalta ainda que “Os portos brasileiros são peças chave no desenvolvimento do nosso país, no crescimento da economia e na geração de empregos. Todas essas iniciativas do Governo Federal contribuem para o Brasil ser exemplo de eficiência logística e reduzir o famoso custo Brasil”.

Organização do programa que aprimorará gestão dos portos públicos, está dividida em eixos

O primeiro eixo do programa do Governo Federal é Revisões Normativas, que tem como foco a revisão e a implementação de atos normativos, promovendo segurança jurídica, agilidade e flexibilidade dos investimentos privados nos portos organizados. O segundo eixo é a Modernização da Gestão, especialmente nas companhias docas e portos delegados. A ideia é melhorar a governança, reforçando a autonomia gerencial e a descentralização de competências com a implementação de metas estratégicas, a fim de obter melhores resultados das empresas.

O eixo Capacitação estimula o aperfeiçoamento contínuo dos dirigentes e dos trabalhadores do setor. Já no eixo Inovação estão sendo implantados projetos de inteligência logística, fortalecendo a transformação digital nos portos. O Governo espera-se alcançar mais eficiência para as operações portuárias, com impacto positivo para o setor de logística e mais competitividade para o país.

Leia ainda: Leilões de portos brasileiros rendem mais de 216 milhões em um único dia para Governo Federal

Para finalizar a Infra Week, o Governo Federal fez leilões de cinco terminais de portos no Brasil. Destes cinco, quatro estão no Porto de Itaqui, no Maranhão, para o arrendamento por 20 anos, e um no Porto de Pelotas, no Rio Grande do Sul, por 10 anos. No total, os leilões dos portos, levantaram R$ 216 milhões em vergas para o governo federal. Os projetos irão representar investimentos de R$ 600 milhões durante o contrato de concessão, ao total.

A Santos, arrematou três áreas em Itaqui, nos leilões do Governo Federal. A empresa deu lance de R$ 61,3 milhões na primeira, IQI12, com ágio de 44,24%. Na segunda IQI11, foi a única participante e fez uma proposta de R$ 56 milhões, com ágio de 15,06% nos leilões do Governo Federal.

Roberta Santiago
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos