Tuesday, 25 de January de 2022

Brasil aumenta exportações de petróleo para a Ásia, com rivais globais fazendo cortes recordes

Petrobras - Exportações - Petróleo - offshore

O Brasil aumentou as exportações de petróleo para a Ásia no primeiro semestre do ano

O Brasil aumentou as exportações de petróleo para a Ásia no primeiro semestre do ano, ficando com uma fatia do cobiçado mercado em desenvolvimento de rivais globais que fizeram cortes recordes nos embarques para atender à queda sem precedentes na demanda causada por pandemia de coronavírus. O aumento reflete a crescente influência do Brasil entre os produtores globais de petróleo, à medida que seus enormes projetos offshore ficam online. 

Continua Depois da Publicidade

Não saia sem ler essas matérias:

O Brasil deverá entregar um dos maiores aumentos à oferta global nos próximos cinco anos de países fora da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, de acordo com a Agência Internacional de Energia.

A empresa estatal de petróleo Petrobras ( PETR4.SA ) ofereceu às refinarias asiáticas acordos competitivos em petróleo de qualidade relativamente alta, assim como a China e outros países da região reabriram suas economias e os países ocidentais entraram em bloqueios para conter a propagação do coronavírus, disseram traders.

A China também aproveitou os preços mais baixos do petróleo em décadas para abastecer o armazenamento estratégico. ”Se tivéssemos mais petróleo disponível, a China o compraria”, disse o presidente-executivo da Petrobras, Roberto Castello Branco.

Castello Branco disse que não há mais para vender para impulsionar ainda mais as exportações, porque a demanda no Brasil está se recuperando.

A China é agora o destino de 70% das exportações do país, informou a Petrobras

A Ásia importou uma média de 1,07 milhão de barris por dia de petróleo do Brasil no primeiro semestre do ano, uma alta de 30% em relação ao ano anterior, segundo dados de fluxos comerciais da Refinitiv Eikon. Um recorde de 1,62 milhão de bpd de petróleo brasileiro chegou aos portos asiáticos em junho, quase o triplo do volume em junho de 2019, segundo os dados. Gráfico mostrando as importações de petróleo da Ásia da América Latina: aqui

Refinarias asiáticas

As refinarias asiáticas estavam ansiosas pelo óleo com baixo teor de enxofre que o Brasil vende, pois procuravam cumprir as novas regulamentações marítimas para abastecer os navios com combustível mais limpo. 

O petróleo é proveniente dos prolíficos depósitos offshore do Brasil, conhecidos como campos do pré-sal, que a Petrobras e as principais empresas de petróleo estão gastando centenas de bilhões de dólares em desenvolvimento.

Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.