Início Terminal de Contêineres de Paranaguá busca maior produtividade e investe R$1 milhão com rede wireless

Terminal de Contêineres de Paranaguá busca maior produtividade e investe R$1 milhão com rede wireless

agosto 5, 2022 às 4:56 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Terminal de Contêineres de Paranaguá
Terminal de Contêineres de Paranaguá (Reprodução: divulgação)

Buscando maximizar a sua produtividade, o Terminal de Contêineres de Paranaguá investiu R$1 milhão em um site confiável, com rede wireless LFT fornecida pelo Trópico. Neste sentido, a empresa ficou marcada por sua inovação, pois é o primeiro porto do Brasil licenciado a utilizar uma rede privada privada LTE.

Neste sentido, a empresa investiu R$1 milhão na tecnologia, que visa beneficiar clientes com maior segurança, menor risco de dano e um melhor atendimento à carga. Com o investimento, o Terminal de Contêineres de Paranaguá pretende estabelecer um sistema produtivo de alta disponibilidade para suportar sua operação de missão crítica. A tecnologia do projeto é a LTE (Long Term Evolution), que foi implementada adicionalmente a rede Wi-Fi e a TCP manterá ambas em produção para garantir maior disponibilidade operacional.

Geralmente, a tecnologia LTE é utilizada nas redes celulares das operadoras, sempre oferecendo alta velocidade, mobilidade e baixa latência. Basicamente, trata-se de uma rede privada com capacidade dedicada exclusivamente à operação da TCP. 

Artigos recomendados

Conforme Walter Maria Júnior, gerente de TI da TCP – Terminal de Contêineres de Paranaguá, o projeto LTE integra o plano de arquitetura de alta disponibilidade da infraestrutura, sendo necessário para atender o grande m=volume de movimentações que o terminal realiza que, atualmente, está superior a um milhão de TEUs. Sendo assim, ele reitera que o objetivo da empresa é fazer com que a instituição ofereça o melhor e mais tecnológico sistema de contêineres da indústria.

Conheça o Terminal

Reprodução: Canal Logística Portuária

Terminal de Contêineres de Paranaguá investe em tecnologia para ser referência no setor de contêineres

Os equipamentos da Sunwave foram implantados pela Trópico em operação em banda de 2,3 GHz, sendo licenciado pela Anatel para o Terminal de Contêineres de Paranaguá no mês de maio. Sendo assim, a tecnologia LTE permite o tráfego de dados em velocidades superiores e maior eficiência de espectro, ou seja, garante que mais dispositivos sejam conectados sem prejudicar a rede.

Leia mais: Brasil avança na corrida pelo submarino a propulsão nuclear e impressiona pelo caráter inovador do projeto.

A TCP – Terminal de Contêineres de Paranaguá é o maior terminal de contêineres da América Latina. Situada na cidade de Paranaguá/PR, a TCR atua no mercado desde 1998. A partir de 2012, através da sua subsidiária TCP Log, ela oferece um dos maiores portfólios de soluções logísticas do país.

Desde 2018, a TCP integra o portfólio da China Merchants Port Holding Company (CMPort) conhecida por ser o maior e mais competitivo desenvolvedor, operador e investidor de portos públicos da China. Atualmente, ele está presente em 6 continentes, 26 países e regiões, além de mais de 50 portos, que incluem Hong Kong, Shenzhen, Taiwan, Shanghai, entre outros. Além disso, a empresa vem ampliando a sua presença no Sul da Ásia, no Mediterrâneo, na África, na Austrália e na América do Sul.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes