MENU
Empregos
Menu
Início Nova fábrica especializada na construção de embarcações será instalada na Paraíba. R$ 11,7 milhões serão investidos e 150 novos empregos serão criados

Nova fábrica especializada na construção de embarcações será instalada na Paraíba. R$ 11,7 milhões serão investidos e 150 novos empregos serão criados

setembro 28, 2021 às 10:57 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Fábrica – construção – empregos – Paraíba
Exemplo de fábrica de construção de embarcações/ Fonte: Correio SC

A nova fábrica destinada à fabricação e manutenção de embarcações de uso comercial será instalada em Lucena, no norte da Paraíba

Ontem, segunda-feira (27/09), o governador do estado da Paraíba assinou um protocolo de intenções para implantação de uma nova fábrica especializada na construção de embarcações com o grupo islandês Lodna EHF. O empreendimento receberá investimentos iniciais de R$ 11,7 milhões e irá gerar 150 empregos diretos, dando prioridade à contratação de mão de obra local. Leia ainda esta notícia: Obras da construção da nova fábrica da Heineken em Minas Gerais são embargadas

A construção da nova fábrica em Lucena, no norte da Paraíba

Durante videoconferência com dirigentes do grupo islandês Lodna EHF e o governador da Paraíba, o protocolo de intenções foi assinado para implantação de uma unidade industrial destinada à fabricação e manutenção de embarcações de uso comercial, de esporte e lazer no município de Lucena, no Litoral Norte da Paraíba. A fábrica receberá investimentos iniciais de R$11,7 milhões e irá gerar 150 empregos diretos, dando prioridade à contratação de mão de obra local. A empresa deverá entrar em operação em até 18 meses e sua previsão de faturamento é de R$ 17,7 milhões.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual destacou a capacidade da Paraíba de atrair novos empreendimentos que asseguram a geração de novos postos de trabalho e o fortalecimento da economia estadual. “Nós oferecemos um ambiente favorável de negócios, honramos nossos compromissos e estamos prontos para iniciarmos, a partir desse protocolo de intenções para a construção da fábrica, uma parceria com a Islândia para que mais empresas se instalem no nosso estado e que tenham muito sucesso”, frisou.

Atração de novos investimentos para a Paraíba

O diretor presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Rômulo Polari Filho, ressaltou o trabalho para atender as expectativas dos investidores para a instalação da nova fábrica e apresentar as potencialidades do estado a partir das vocações econômicas de cada região.

“No caso da Lodna EHF, direcionamos o empreendimento para o município de Lucena devido à proximidade do Litoral, aspecto essencial para os testes navais. O Governo do Estado, cumprindo o seu papel na atração de investimentos, realiza uma série de etapas, desde a divulgação das oportunidades, prospecção de investidores, suporte no processo de nacionalização da empresa e a territorialização do projeto para oferecer aos empresários, sejam eles nacionais ou internacionais, a melhor região para o seu negócio”, afirmou.

O representante da Lodna EHF no Brasil, Marcelo Pereira, enfatizou que a empresa irá utilizar uma tecnologia avançada na fábrica na construção de seus produtos que atenderão os mercados nacional e internacional. Segundo ele a produção atenderá os níveis mais exigentes de qualidade, passando pelo crivo de comunidades europeias e espera que esse empreendimento possa abrir as portas entre o Brasil e a Islândia porque se trata de algo concreto e que pode desenvolver várias ações em diversas áreas econômicas.

Confira também: Empresa farmacêutica investirá R$ 70 milhões para a construção de nova fábrica, em Minas Gerais

A MRJ Farma – indústria farmacêutica – investirá R$ 70 milhões na instalação de uma nova fábrica no município em Carmo do Cajuru, no Centro-Oeste do estado de Minas Gerais. Será a segunda fábrica da empresa no mundo e deverá gerar cerca de 150 empregos diretos e indiretos. A primeira planta fica nos Estados Unidos, de onde os produtos são exportados a 21 países.

Segundo o Jornal Estado de Minas Gerais, a fábrica ficará no Centro Industrial III em uma área de 12 mil metros quadrados. “O município não fez cessão de nenhum metro quadrado para eles”, informou o prefeito. O terreno foi doado pelos proprietários a partir de mobilização de Vilela. A previsão é de a instalação começar ainda este ano a partir da liberação de alvarás da Vigilância Sanitária. Também será iniciado o processo para obtenção das licenças ambientais necessárias. Hoje, todas as etapas são realizadas dentro do município.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes