Monday, 29 de November de 2021

Porto Ponta do Félix diversifica a circulação de cargas com exportação de pellets de madeira

Para aumentar a produtividade e diversificar a movimentação de cargas, o Porto Ponta do Félix se prepara para uma exportação de pellets de madeira

Em uma jogada para aumentar a produtividade e diversificar a movimentação de cargas, o Porto Ponta do Félix se prepara para uma exportação de pellets de madeira

Durante esta última terça-feira, (23/11), o Porto Ponta do Félix anunciou o recebimento de pellets de madeira a granel para as operações de exportação no local. A circulação desse produto faz parte de uma iniciativa do porto para diversificar a movimentação de cargas e aumentar ainda mais a produtividade local. 

Continua Depois da Publicidade

Confira outras notícias:

Exportação de pellets de madeira a granel sairá do Porto Ponta do Félix em direção à Itália

O Porto Ponta do Félix está recebendo, pela primeira vez, cerca de 15 mil toneladas de pellets de madeira a granel que terão como destino final a Itália. O navio com a carga está previsto para chegar ao porto na primeira quinzena de dezembro e o recebimento desse produto inédito tem como fundamentação o projeto para expandir a produtividade e diversificar ainda mais os tipos de carga que são movimentadas no porto.

O diretor-presidente do Porto Ponta do Félix, Gilberto Birkhan, comentou acerca do recebimento dessa carga e da importância dessa exportação para o Porto Ponta do Félix, destacando que a previsão é de que o local continue expandindo no mercado internacional com cargas cada vez mais diversas. O executivo ainda afirmou que “Tivemos diversas operações inéditas neste ano, entre elas a importação de malte, big bags com alimentos e pellets de cana. Os pellets de madeira fazem parte da nossa diversificação de cargas, pois atendemos demandas customizadas dos clientes”.

Os pellets de madeira que serão transportados para a Itália saindo do Porto Ponta do Félix são produzidos totalmente no Brasil, na região sul, e serão utilizados como insumos para sistema de calefação, com finalidade residencial para o inverno europeu, em especial o italiano, país no qual os produtos serão comercializados em diversos locais. 

Porto Ponta do Félix espera grande expansão nas exportações para o ano de 2022, com cargas mais diversificadas em movimentação

O ano de 2021 marcou um grande crescimento em relação às exportações no Porto Ponta de Félix, com um aumento na movimentação de cargas de cerca de 70% em relação ao ano de 2020. A circulação está cada vez mais diversificada, mas o que ainda é bastante presente no local são fertilizantes, farelo de soja não transgênico e açúcar ensacado, que garantem um bom retorno econômico para o local

O acionista Valdecio Bombonatto comentou acerca das obras que estão sendo feitas e de como a expansão das exportações é bastante prevista, afirmando que “Estamos construindo silos para cereais e um novo armazém para fertilizantes. Os investimentos permitem que os produtos que chegam ao Ponta do Félix sejam entregues com qualidade aos produtores rurais. Com isso, nós ganhamos em produtividade e garantimos a integridade da carga”.

Assim, a projeção para o ano de 2022 é bastante otimista e os representantes do porto aguardam cerca de 30% de crescimento nas exportações em relação ao ano de 2021 e a chegada do navio com os pellets de madeira é só mais um passo dado para que esses índices sejam alcançados.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.