MENU
Indústria Naval
Menu
Início Conheça o Ferryboat, alternativa para a navegação hidroviária, transporte de cargas e de passageiros pouco explorado no Brasil e com grande potencial em nosso sistema intermodal

Conheça o Ferryboat, alternativa para a navegação hidroviária, transporte de cargas e de passageiros pouco explorado no Brasil e com grande potencial em nosso sistema intermodal

novembro 29, 2022 às 10:27 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Conheça o Ferryboat, à alternativa para a navegação hidroviária, transporte de cargas e de passageiros pouco explorado no Brasil e com grande potêncial em nosso sistema intermodal
Fonte: Assessoria de imprensa

O Ferryboat é uma embarcação de fundo chato que permite o transporte de até 1,2 mil toneladas, abrigando até 800 pessoas. Vem sendo uma alternativa para a navegação hidroviária.

Ao todo, estima-se que a rede fluvial brasileira some mais de 63 mil quilômetros em rios para navegação. Entretanto, mais da metade disso ainda é inexplorado. De acordo com dados compartilhados pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), apenas 19 mil km são utilizados para transporte. Contudo, é possível um aumento neste valor com alguns investimentos na área, como o uso do ferryboat para o intermodal.  

O transporte modal vem se tornando extremamente necessário para as regiões de difícil acesso, principalmente no Amazonas (AM), onde se opta, em abundância, por lanchas e jatos. 

Artigos recomendados

Exemplo de utilização do Ferryboat na Bahia

O que é o ferryboat e quais as vantagens?

De forma simplificada, o ferryboat é fabricado com o uso de aço naval e uma das suas principais vantagens é a possibilidade de uso em águas mais rasas ou, até mesmo, em margens. Por isso é optado por locais de difícil acesso. 

Além disso, transporta uma elevada quantidade de passageiros, que, conforme divulgado pela ARSEPAM (Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas), pode chegar a 800 pessoas. A capacidade em peso gira em torno de 1200 toneladas. 

O ferryboat está presente em diversas cidades brasileiras e é uma das principais formas para ligar Salvador à ilha de Itaparica. Na região, existem ao menos oito embarcações que voltam de hora em hora para levar os turistas de um lado a outro. O uso deste meio de transporte no meio modal ainda é pouco explorado, no entanto, mostra-se promissor. 

O transporte hidroviário e navegação permitem algumas vantagens para as empresas privadas e economia brasileira justamente porque possibilita a alta capacidade de carregamento e um custo muito menor de tonelada carregada a cada quilômetro, impactando diretamente na diminuição de emissão de gases para o efeito estufa. 

Tornando o transporte intermodal com  Ferryboat mais eficaz ao relacionar com o terrestre

A CNT afirma que um meio para otimizar o transporte intermodal seria realizar uma conexão com os sistemas de transporte terrestre, inclusive com as ferrovias. Isso tornaria os prazos de entrega dos produtos menores, além de diminuir os custos logísticos das empresas. 

Reinaldo Pinto dos Santos, presidente da TWB, empresa de construção naval e transportes marítimos,  afirma que, apesar de o transporte hidroviário ser de responsabilidade e competência do Estado, algumas empresas possuem a permissão para realizar investimentos e tomar a frente por meio da terceirização. 

Há poucos debates sobre este investimento e a sua regulamentação. Foi somente neste ano, por exemplo, que o Amazonas realizou a regulamentação do setor, indicando quais as tarifas que deveriam ser pagas, assim como o credenciamento dos operadores que teriam o direito de realizar o serviço. 

Santos afirma que, devido a quantidade de vantagens oferecidas pelo uso do Ferryboat, há fortes chances de sua demanda crescer no Brasil, melhorando os serviços de mobilidade urbana. 

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes