MENU
Portos e estaleiros
Menu
Início Após vencer o leilão de uma área no Porto de Santana, a Caruaru Alimentos irá dobrar sua capacidade de abastecimento e promete gerar mais de 600 vagas de empregos

Após vencer o leilão de uma área no Porto de Santana, a Caruaru Alimentos irá dobrar sua capacidade de abastecimento e promete gerar mais de 600 vagas de empregos

setembro 23, 2021 às 12:20 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A Caruaru Alimentos prevê lucros maiores ao dobrar seu abastecimento no Porto de Santana e gerar muitas vagas de emprego para a comunidade
Diretor da Caramuru Alimentos apresentando plano de atividades — Foto: PMS/Divulgação

Com essa área, a Caruaru Alimentos prevê lucros maiores ao dobrar seu abastecimento no Porto de Santana, além de gerar muitas vagas de emprego para a comunidade local

Logo após de vencer o leilão e conquistar uma área de 3,1 mil metros quadrados, localizado no Porto de Santana, no estado do Amapá, a Caruaru Alimentos revelou nessa última quarta-feira, 22, quais serão as atividades desenvolvidas a partir do primeiro semestre de 2021. Com a ampliação no transporte de cargas, a companhia visa dobrar a capacidade no que diz respeito ao abastecimento de grãos. Com a vitória obtida, a empresa deverá atuar no local pelos próximos 25 anos. a expectativa é que sejam gerados, 600 vagas de emprego, seja de forma direta ou indireta.

Artigos que talvez lhe interessem:

Conheça os próximos passos da Caruaru Alimentos, após vencer leilão e conquistar uma área no Porto de Santana

Antes de vencer o leilão, a empresa já operava no Porto há quase seis anos. No entanto, isso só era possível graças a concessões renováveis a cada 6 meses. A companhia, considerada uma das principais no quesito de processamento de milho, soja, girassol e canola, irá investir R$ 43 milhões. Além disso, esse investimento será responsável por abrir novas vagas de emprego.

O fator importante para a Caruaru Alimentos é a localização estratégica do Porto de Santana, situado na foz do Rio Amazonas. Ao investir nesse local, a empresa visa um possível escoamento nos grãos produzidos e colhidos na Região Centro-Oeste do Brasil.

Área arrematada pela empresa no Porto de Santana
Área arrematada pela empresa no Porto de Santana — Foto: Divulgação

Conforme o diretor de Logística e Portos do Grupo Caramuru, “estamos com uma fábrica em Sorriso-MT. Então, quando se olha para os portos do Sul e se olha para os do Norte, há uma atratividade muito grande e chamou a atenção da nossa empresa. Esse porto vai receber toda a carga que vem de Sorriso, todas as barcaças, da origem do Porto de Itaituba no Pará, e transportamos para o porto de Bach, na Alemanha”.

Com essa localização privilegiada no Porto de Santana, haverá uma redução quanto ao tempo de viagem referente a movimentação de granéis sólidos vegetais. Dessa forma, uma movimentação que antes durava uma semana, agora poderá ser realizada em, pelo menos, três dias.

Perspectivas da Caruaru Alimentos para o Porto de Santana e criação de novas vagas de emprego

Um dos principais investimentos a ser realizado no terminal portuário, será ampliar a estrutura de shiploader. Trata-se de um equipamento usado para auxiliar o transporte de carga, desde o solo até o navio. Partindo desse princípio, é que está sendo previsto uma duplicação no que diz respeito ao abastecimento das embarcações.

A Companhia Docas de Santana (CDSA) é a responsável pelo gerenciamento do Porto. Assim, a shiploader não será benéfica somente para as cargas da Caruaru Alimentos, como também, irá auxiliar todas as outras companhias de exportação, que estão presentes no local.

Bala Rocha, prefeito de Santana
Bala Rocha, prefeito de Santana — Foto: PMS/Ascom

Para o Prefeito do município, Bala Rocha, “a expectativa é que a cidade e principalmente o porto, desenvolva com mais celeridade e traga benefícios, como geração de renda. Modernizando os equipamentos portuários e essa modernização vai permitir uma agilidade maior no carregamento dos navios”. Em contrapartida, ainda não foi divulgado nenhuma informação quanto as vagas de emprego.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes