MENU
Portos e estaleiros
Menu
Início Porto de Suape se une à Copergás e à Qair para viabilizar memorando de entendimento e construir planta para a produção de hidrogênio verde com foco na sustentabilidade

Porto de Suape se une à Copergás e à Qair para viabilizar memorando de entendimento e construir planta para a produção de hidrogênio verde com foco na sustentabilidade

março 30, 2022 às 8:41 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Com olhares para a sustentabilidade no setor portuário, o Porto de Suape, a Copergás e a Qair irão desenvolver um memorando de entendimento que trará novas perspectivas para a construção de uma planta que realizará a produção de hidrogênio verde.
Com olhares para a sustentabilidade no setor portuário, o Porto de Suape, a Copergás e a Qair irão desenvolver um memorando de entendimento que trará novas perspectivas para a construção de uma planta que realizará a produção de hidrogênio verde. Fonte: Divulgação

Com olhares para a sustentabilidade no setor portuário, o Porto de Suape, a Copergás e a Qair irão desenvolver um memorando de entendimento que trará novas perspectivas para a construção de uma planta que realizará a produção de hidrogênio verde

Na última quinta-feira, (24/03), representantes do Porto de Suape se uniram à diretoria da Copergás e da Qair para discutir um novo projeto de sustentabilidade no complexo, que irá viabilizar a construção de uma planta para a produção de hidrogênio verde no futuro. Assim, será realizada a assinatura de um memorando de entendimento para dar início aos estudos sobre a iniciativa.

Veja também:

Reunião entre Porto de Suape, Qair e Copergás determina a assinatura de um memorando de entendimento para projeto de produção de hidrogênio verde

Buscando atrair cada vez mais novos investimentos para a sustentabilidade dentro do setor portuário, o Porto de Suape realizou uma reunião com a Copergás e a Qair para discutir um novo projeto dentro do segmento no complexo portuário. Assim, as empresas irão realizar a assinatura de um memorando de entendimento para viabilizar a construção de uma planta para a produção de hidrogênio verde nas áreas do porto durante os próximos anos em uma parceria entre o trio. 

Participaram da reunião o diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Porto de Suape, Carlos André Cavalcanti, o diretor técnico-comercial da Companhia de Gás de Pernambuco (Copergás), Fabrício Bomtempo, e o diretor de Operações da Qair Brasil, Gustavo Silva. Assim, o memorando de entendimento será o primeiro passo para o desenvolvimento do projeto da planta de produção do recurso, buscando aproveitar o grande potencial que a área possui para explorar o hidrogênio verde, unindo a sustentabilidade e a expansão nas operações em meio ao projeto. 

Assim, a companhia Copergás ressaltou que o hidrogênio verde vem se tornando cada vez mais uma alternativa viável para a descarbonização no Brasil e que, além de ser uma fonte totalmente renovável e limpa para a produção, ainda se trata de uma substância muito procurada no mercado internacional, abrindo portas para uma nova cadeia de exportação focada na movimentação de cargas com o hidrogênio verde, principalmente para os países da Europa e da Ásia durante os próximos anos. 

Qair já conta com projeto de sustentabilidade dentro do Porto de Suape e a administração do local comemora mais uma iniciativa nesse segmento a ser realizada com a empresa

A Qair é uma das maiores companhias no setor energético nacional, sendo uma subsidiária do grupo multinacional francês Qair International, que atua em 17 países com projetos voltados para a sustentabilidade dentro da produção de energias renováveis, como a solar, a eólica e, agora, o hidrogênio verde. A companhia já conta com um projeto dentro do porto, onde o investimento do grupo pode chegar a R$ 20 bilhões e a capacidade prevista é de 2.240 MW, com produção de 488 mil toneladas/ano, mas ainda quer expandir essa presença no setor.

Assim, Carlos Cavalcanti comentou sobre a parceria com a empresa e destacou que “A construção e a formalização dessa parceria tripartite é fundamental para o desenvolvimento da cadeia de produção do hidrogênio verde no Complexo Industrial Portuário de Suape. Com isso, pretendemos aprofundar os estudos de viabilidade econômica de mercado futuro, visando estruturar a escala de produção, o armazenamento e a distribuição progressiva por meio de rede de dutos da Copergás no complexo, e tendo como ponto de partida uma unidade de produção em pequena escala”.

Agora, com o memorando de entendimento sendo desenvolvido para levar adiante a construção da planta de produção de hidrogênio verde no Porto de Suape, as companhias Qair e Copergás se atentam aos novos investimentos que podem surgir dentro do segmento das renováveis.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes