Wednesday, 26 de January de 2022

Setor portuário conta com crescimento notório no primeiro semestre de 2021

Movimentação de cargas nos portos do Brasil teve um crescimento considerável no primeiro semestre, e a tendência é crescer ainda mais, segundo a ANTAQ

A movimentação de cargas nos portos do Brasil teve um crescimento considerável no primeiro semestre do ano e a tendência é o setor crescer ainda mais durante o restante de 2021

A preocupação com o crescimento do setor portuário no Brasil é bastante comum, em razão da alta produtividade que o setor dispõe para o PIB brasileiro. Durante esta última quarta-feira, (03/11), foi divulgado pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) que a movimentação de cargas nos portos brasileiros contou com um crescimento significativo no primeiro semestre do ano de 2021.

Continua Depois da Publicidade

Confira outras notícias do setor portuário:

ANTAQ divulga crescimento na movimentação de cargas nos portos brasileiros neste semestre

A ANTAQ liberou, recentemente, o painel Estatístico Aquaviário com alguns dados em relação ao setor portuário no primeiro semestre do ano de 2021. Segundo a agência, a movimentação de cargas nos portos contou com um crescimento de 9,4% em relação ao mesmo período no ano de 2020, com circulação de 591,9 toneladas de cargas apenas neste primeiro semestre, comprovando a capacidade de crescimento que o setor portuário possui no mercado nacional e internacional. 

O diretor-geral da ANTAQ comentou acerca desse crescimento e da previsão para os próximos passos que o setor portuário dará no país, bem como a importância dos portos para a economia brasileira. O executivo afirmou que “os números são auspiciosos. Mostram que o setor aquaviário mantém seu crescimento contínuo. E isso é fundamental para a economia do país, para a geração de emprego e renda. Mais uma vez a Agência divulga as estatísticas do setor de forma célere e moderna”.

O crescimento aconteceu tanto em relação aos granéis sólidos e os granéis líquidos nos portos brasileiros. O aumento na movimentação de granel sólido foi significativo, com  343,2 milhões de toneladas sendo movimentadas no primeiro semestre, ou seja, 56% do total do período. Já se tratando do granel líquido, a circulação foi de 153,5 milhões de toneladas, o que representou 28% da carga, enquanto os contêineres representaram 65,4 milhões de toneladas (11% da carga) e as cargas, em geral, 29,7 milhões de toneladas (5% do total).

Setor continua otimista em relação ao crescimento no segundo semestre do ano de 2021

O crescimento do setor portuário no primeiro semestre deste ano beneficiou bastante os portos brasileiros e a previsão é de que essa área continue em uma crescente no restante do ano. O que se espera no segundo semestre de 2021 é uma movimentação de cerca de 626 milhões de toneladas de cargas e, para o ano inteiro, a movimentação seja de um total de 1,2 bilhão, isto é, um aumento de 5,5% em comparação com o ano de 2020. 

Em relação a esse crescimento, o diretor-geral da ANTAQ se mantém confiante e otimista e destaca que a continuidade da expansão na movimentação de cargas é esperada para o restante do ano. Ele também destacou que  “Os resultados mostram que o setor aquaviário mantém seu crescimento contínuo. E isso é fundamental para a economia do país, para a geração de emprego e renda. Tudo isso por conta da reabertura econômica, com o avanço da vacinação”.

Assim, os próximos passos do setor portuário no Brasil podem ser de grande importância para a economia do país, uma vez que o crescimento contínuo contribui para mais entrada de capital, geração de empregos e elevação no PIB. O que se espera agora são investimentos nos portos brasileiros para que essa expansão continue como o esperado.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.