MENU
Portos e estaleiros
Menu
Início Porto de Suape fará arrendamento de Terminal de Granéis Sólidos durante o leilão que acontecerá em março

Porto de Suape fará arrendamento de Terminal de Granéis Sólidos durante o leilão que acontecerá em março

março 9, 2022 às 9:35 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O Porto de Suape espera receber R$ 58,9 milhões em investimentos após o arrendamento de terminal de granéis sólidos durante o leilão que acontecerá na Bolsa de Valores do Brasil em março
O Porto de Suape espera receber R$ 58,9 milhões em investimentos após o arrendamento de terminal de granéis sólidos durante o leilão que acontecerá na Bolsa de Valores do Brasil em março. Fonte: Divulgação

O Porto de Suape espera receber R$ 58,9 milhões em investimentos após o arrendamento de terminal de granéis sólidos durante o leilão que acontecerá na Bolsa de Valores do Brasil em março

Visando atrair novos investimentos na casa dos R$ 58,9 milhões, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) fez a liberação do edital de arrendamento de um terminal de granéis sólidos localizado no Porto de Suape durante esta última sexta-feira, (04/03). Assim, o porto irá realizar a venda desse terminal durante o leilão que acontecerá no fim de março, na Bolsa de Valores do Brasil.

Veja também:

Após dois anos, leilão de um terminal em Porto de Suape deverá acontecer. Fonte: Twitter

Terminal de Granéis Sólidos de Suape passará por processo de arrendamento durante o leilão realizado pela Antaq no final de março deste ano 

A Antaq vem investindo cada vez mais na venda de portos e terminais dentro dos complexos brasileiros e, desta vez, o Porto de Suape está incluso nesses processos. A agência irá realizar um leilão na Bolsa de Valores do Brasil no próximo dia 30 de março e, ainda no evento, irá fazer o processo de arrendamento do Terminal de Granéis Sólidos de Suape (TGSS), localizado na retroárea do Cais 5, um espaço de 72 mil metros quadrados dentro do Porto de Suape, localizado em Recife.

O edital para a licitação do terminal de granéis sólidos foi liberado na última sexta pela Antaq e a agência expressou a previsão de receber em torno de R$ 58,9 milhões em investimentos voltados para a infraestrutura e logística dentro do Porto de Suape. O Terminal de Granéis Sólidos de Suape se encontra atualmente sob contrato de transição à empresa pernambucana M&G São Caetano e foi projetado para movimentar e armazenar granéis vegetais e minerais, com foco na exportação desses produtos para o mercado exterior. 

Além disso, o contrato final para o arrendamento contará com prazo de 25 anos, com celebração de contrato previsto neste ano e início das operações em 2024. Assim, o objetivo principal da Antaq no processo de arrendamento do terminal é atrair investimentos para a infraestrutura dentro do Porto de Suape, uma vez que o vencedor do processo irá realizar a aquisição de sistemas de recepção rodoviária, sistema transportador de correias e equipamentos equivalentes para garantir a produtividade (prancha média geral) de 549 t/h (toneladas por hora) e 128 t/h no local. 

Administradores do Porto de Suape comemoram arrendamento de terminal e afirmam que esse é um grande passo para o crescimento do porto

O arrendamento do Terminal de Granéis Sólidos de Suape não só representa uma grande forma de aquisição de investimentos para a infraestrutura portuária, mas também irá garantir que o Porto de Suape consiga diversificar ainda mais a sua movimentação de carga. Com isso, a administração do local está bastante otimista em relação ao futuro das operações portuárias, principalmente fora do Brasil, com foco na exportação desses granéis nos próximos anos. 

Assim, o diretor-presidente da estatal, Roberto Gusmão, comentou que “Com este novo arrendamento, Suape vai dar um passo importante para diversificação de cargas e aumento significativo na movimentação portuária. O porto terá incremento na exportação e importação de vários tipos de granéis sólidos. É um investimento importante, que vai gerar novos negócios para o porto e empregos para a região. Esse processo também faz parte do nosso projeto de modernização dos cais e píeres, em curso desde o ano passado”.

O Terminal de Granéis Sólidos de Suape é bastante expressivo para o Porto de Suape e está apto a realizar operações envolvendo açúcar e granéis diversos, como soja, farelo de soja, trigo, milho, malte, cevada, arroz, feijão, farinha, cereais, coque de petróleo e fertilizantes, sendo um grande destaque no leilão que será realizado.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes