Tuesday, 30 de November de 2021

Porto de São Francisco aguarda maior safra de soja e se prepara com reformas

O Porto de São Francisco se adiantou na espera pela maior safra de soja e começou a realizar reformas na sua estrutura para atender à demanda de exportações

O Porto de São Francisco se adiantou na espera pela maior safra de soja e começou a realizar reformas na sua estrutura para atender à demanda do setor

O setor portuário, em especial na exportação, é um dos que mais geram capital para a economia brasileira e a previsão para 2022 não seria diferente. Com a maior safra de soja sendo prevista para o próximo ano, o Porto de São Francisco anunciou nesta última segunda-feira, (22/11), algumas reformas e revitalizações na estrutura para conseguir atender às expectativas do mercado. 

Continua Depois da Publicidade

Não perca essas notícias:

Safra de soja de 2022 tem previsão de ser a maior da história e o Porto de São Francisco já começa a se preparar 

A soja é um dos produtos que mais crescem em demanda nas exportações do mercado nacional e a previsão para o ano de 2022 é bastante otimista, o mercado de exportações está esperando a maior safra da história para o próximo ano e o setor portuário do país já começa a se preparar. Um exemplo dessa espera é o Porto de São Francisco, que começou a fazer reformas e revitalizar algumas estruturas do local para atender à safra. 

O gerente de armazenagem, Lindomar Dutra, comentou acerca da reforma no porto e afirmou que foram gastos cerca de R$ 300 mil durante o mês inteiro de trabalho para a revitalização, com diversas estruturas sendo reformadas para receber a safra de soja. O executivo ainda afirmou que “O trabalho contou com mão de obra própria, do porto, o que possibilitou gerar uma economia de 60% no custo da reforma”.

A principal área que está sendo reformada para a recepção da safra de soja esperada em 2022 é a ferroviária, uma vez que é uma das mais importantes para as operações no local. Segundo o presidente do Porto de São Francisco, Cleverton Vieira, o porto recebeu 3 milhões de toneladas de cereais por via ferroviária apenas no ano de 2021, comprovando a presença dessa área nas operações do porto. 

Reformas no Porto de São Francisco garantem mais segurança e agilidade para as exportações da safra de soja

As reformas no Porto de São Francisco estão a todo vapor para o recebimento das exportações de soja em 2022. O local que tem como função o recebimento dos trens teve uma grande quantidade de reparos e está revitalizado, com mudanças que incluem a reforma na balança ferroviária, nivelamento da plataforma e a manutenção da moega, que é a estrutura na qual são descarregados os vagões.

Além disso, o elevador que tem como função o transporte dos cereais também passou por uma revitalização, a chamada “gaiola” foi substituída e a estrutura completa foi modernizada para facilitar as operações no próximo ano. O terminal agora conta com uma logística de operações muito mais tecnológica e com estruturas modernizadas que garantem mais agilidade e rapidez nas exportações. 

Assim, o que se espera é que o Porto de São Francisco consiga manter a sua presença nas exportações de soja e expanda os seus negócios com a safra de 2022, que é prevista para ser a maior da história, além de continuar com investimentos necessários para que o local consiga crescer ainda mais no mercado nacional e internacional. 

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.