Thursday, 21 de October de 2021

Conheça mais sobre as Profissões Offshore e suas funções

Conheça mais sobre as Profissões Offshore e suas funções

A Indústria offshore é uma ótima oportunidade de carreira que possui uma excelente remuneração e benefícios na maioria dos cargos.

Como cidades em alto mar, as plataformas comportam funcionários de diversas áreas que exercem diversas profissões offshore para que seja crucial o funcionamento das plataformas. Essas estruturas podem alocar diversos departamentos, como gestão, área médica, proteção e segurança, cozinha, rádio, manutenção e outras áreas. Além de contar com benefícios e alta remuneração, as profissões Offshore têm sido altamente requisitadas no mercado de trabalho. Confira neste artigo as profissões offshore mais comuns em Embarcações de Apoio.

Continua Depois da Publicidade

Profissões offshore: Capitão

Capitão offshore – créditos: navalbr

O Capitão, conhecido também como Comandante do Navio é um Oficial da Marinha Mercante que possui autoridade maior a bordo. Essa é uma das profissões offshore que fica encarregada de comandar o navio nas viagens marítimas e coordenar e controlar os serviços a bordo, garantindo assim as melhores condições de operacionalidade, rentabilidade e segurança. Em casos de embarcações de pequeno porte e ou costeira, o capitão não é um oficial da marinha e pode ser chamado de mestre, arrais e ou patrão.

O Capitão deve seguir a Política Global do Armador e se fundamentar nas leis e regulamentos da marinha. Por ser um cargo de alta relevância que possui importância e poder, o capitão deve ter vários anos de experiência em navios e também deve ter sido promovido na hierarquia de oficiais. O capitão precisa estar sempre se atualizando com cursos dos equipamentos mais recentes e também é necessário que este profissional se mantenha atualizado e atento às normas marítimas nacionais e internacionais.

Imediato – Uma das profissões de destaque na indústria offshore

Imediato – créditos: Bravante

Abaixo do Capitão, o Imediato é uma das principais profissões que fica responsável pela superintendência direta do convés. Subordinado do Capitão de quem recebe de forma direta suas ordens, é o principal responsável pela carga e também pela segurança do navio.

Deve-se coordenar os recursos de bordo, assim como estoque, água e combustível. Muitas empresas na hora da contratação deste profissional exige que o candidato tenha inglês fluente, possuir passaporte, possuir os certificados marítimos regulares e principalmente experiência na área. Por exemplo, experiência em Navio Tanque.

Profissões offshore – Oficial de Náutica

Oficial de Náutica – créditos: Atlas/divulgação

O Oficial de Náutica pode desempenhar várias funções a bordo que vão desde oficial de quarto de navegação até comandante dependendo da embarcação. Estes são responsáveis por funções como pilotagem, navegação, rádio, manobra, ativa, salvamento, limpeza e manutenção do casco, operação geral da embarcação e etc.

As atividades dessas profissões variam de embarcação para embarcação. De forma geral e também de forma mais comum o Oficial de Quarto de Navegação fica responsável pela navegação da embarcação, documentação e salvatagem. Essa profissão possui um plano de carreira definido além de oferecer um leque de possibilidades de emprego. Para se tornar um Oficial de Náutica é necessário atender as qualificações de institutos reconhecidos. No Brasil a carreira inclui seguintes níveis:

  • Praticante de Náutica
  • 2º Oficial de Náutica
  • 1º Oficial de Náutica
  • Capitão de Cabotagem
  • Capitão de Longo Curso

Marinheiro de Convés

Marinheiro de Convés – créditos: Fuse

O Marinheiro de Convés conhecido também como Moço de Convés é responsável pela operação, manutenção, conservação e limpeza dos equipamentos e instalações das embarcações. Quem possui essa certificação deve estar preparado para executar manobras de atracagem e desatracação, além de lançar e recolher as amarras e cabos.

Essa formação é uma formação básica do ensino marítimo que integra a carreira de aquaviário. O processo seletivo desta profissão é voltado para brasileiros de ambos os sexos a partir dos 18 anos completos que possuem o fundamental completo.

Normalmente estes são contratados para o navio para servir em uma função semelhante à que já faz em terra firme.

Profissões offshore – Taifeiro

Taifeiro – créditos: Fisiomar

O Taifeiro é o profissional que é responsável pela arrumação, limpeza e cozinha dentro da embarcação. Os salários para essa profissão são significativos mesmo sendo uma função básica. As tarefas de taifa são executadas pela equipe de convés sob supervisão do Oficial.

Esses profissionais são responsáveis pelos serviços de alimentação e alojamento, ou seja, eles lavam e limpam o material utilizado, preparam e servem bebidas nos bares e salões da embarcação, além de cuidar da cafeteria e arrumação, conservação e distribuição dos alimentos. Esses profissionais possuem experiência ou qualificação em hotelaria.

O interessado nesta profissão precisa estar disposto a passar período longe da família e amigos, dependendo da escala o funcionário pode ficar de 15 a 28 dias em uma plataforma ou embarcação.

Mestre de Cabotagem

Mestre de Cabotagem – créditos: marenostrum

O Mestre de Cabotagem é o Comandante ou Imediato de embarcações de até 1500 Toneladas de Arqueação Bruta (TAB), empregadas em Alto Mar e na atividade de Apoio Marítimo dentro das águas jurisdicionais Brasileiras.

Este profissional não pertence ao escalão dos oficiais, portanto, possui as responsabilidades que um Capitão teria. Portanto, o Mestre de Cabotagem se refere apenas ao tráfego marítimo nacional. Este pode atuar também como Supervisor de Salvatagem em plataformas de petróleo em Alto Mar sendo responsável pelo Grupo de Salvamento.

Profissões offshoreChefe de Máquinas

Manutenção dos sistemas propulsores de 25 000 kW do navio-tanque Algarve.- créditos: Wikipédia

O Chefe de Máquinas é o profissional que possui categoria mais elevada em uma embarcação da marinha mercante pois este exerce a chefia da seção de máquinas responsável por supervisionar as tarefas de condução e manutenção dos sistemas de propulsão e de produção de energia da embarcação.

Este responsável pela seção de máquinas do navio gerencia a equipe para realizar manutenções e instalações mecânicas, elétricas e eletrônicas no motor do navio.

Profissões offshoreOficial de Máquinas

Oficial de máquinas em serviço de quarto na sala de controle de máquinas do navio Argonaute. – créditos: Wikipédia

Profissional pertencente ao escalão de oficiais da carreira de pessoal de máquinas da Marinha Mercante. Este profissional é subordinado ao chefe de máquinas e possui uma formação técnica mecânica, elétrica ou engenharia.

As funções dos oficiais consistem em controlar e fazer a manutenção dos sistemas elétricos, eletrônicos e mecânicos do navio, incluindo os sistemas de propulsão e produção de energia, controle de combustível e outros materiais. A evolução do Oficial de Máquinas agrega conhecimentos de controle e automação para suprir as necessidades de sistemas complexos.

Condutor de Máquinas

Condutor de Máquinas – créditos: offshoretoday

Por ser um Oficial mas também um Subalterno da Seção de Máquinas. Os oficiais maquinistas são responsáveis pelos sistemas de propulsão de maior potência e complexidade, podendo ser responsáveis também pelo estudo científico da concepção e reformulação desses sistemas.

O Condutor pode ser especialista em sistemas como propulsão marítima, máquinas a vapor e etc. A remuneração atual está cotada em R$ 5.034 mil reais

Mecânico

Esse profissional é responsável por coordenar a construção e manutenção em embarcações. Este faz a manutenção preventiva, reparação, instalação e modificação nas máquinas e motores. Esse profissional exerce também todas as funções relativas à profissão de torneiro, serralheiro, soldador e canalizador.

Eletricista

Esses profissionais são capacitados e responsáveis pela instalação, reparação e manutenção dos equipamentos elétricos e eletrônicos a bordo. São subordinados da equipe de máquinas. O papel de eletricista pode ser feito também por um Oficial ou Condutor de Máquinas.

Cozinheiro

Este possui a mesma função de um cozinheiro normal. Este é responsável por controlar o estoque, armazenamento e preparação dos alimentos para a tripulação.

Enfermeiro(a)

O enfermeiro(a) tem como dever e responsabilidade sobre a saúde da equipe. Deverá possuir qualificação e experiência em primeiros socorros, esse profissional deverá sempre estar preparado para realizar o procedimento de primeiros socorros em situações de emergência. É possível que esse profissional assuma outras funções em seu tempo vago.

Operador de Guindaste

Este profissional também pode exercer mais de uma função. Esse profissional pode ser treinado como um operador de guindaste, este deve obter apenas a qualificação através dos cursos de operação de guindastes e manuseio das cargas.

Operador de ROV

Operador de ROV – créditos: Luiz Carlos mota/Youtube

O Operador de ROV, conhecido também como Piloto de ROV é o profissional responsável por pilotar os veículos submarinos que são operados de forma remota.

Estes são robôs que possuem diversas funções debaixo d’água que não seria viável para mergulhadores devido ao perigo de profundidade ou peso. Esses operadores trabalham nas embarcações que possuem o aparelho. Para trabalhar como Piloto de ROV é preciso fazer um curso para aprender a utilizar os ROVs. 

Bombeador

Este é o profissional responsável por realizar a manutenção e operação dos sistemas de bombagem de cargas líquidas em navios tanques.

Esse profissional executa o trabalho para que a operação seja segura e adequada do sistema de transferência de carga líquida.

Mergulhador

Mergulhador offshore – créditos: nauticabr

Esse profissional pode ou não ser incluído na embarcação já que a presença desse profissional se dá devido a atividade da embarcação podendo ser necessário ou não ter um mergulhador a bordo. O mergulhador é uma das profissões mais perigosas do mundo, portanto é uma das profissões que possuem maior remuneração.

Esses profissionais instalam e fazem reparos em grandes profundidades. Para esse cargo é necessário ter feito cursos básicos de mergulho e mergulho em grandes profundidades. É necessário também cursos específicos para construção submarina para manusear equipamentos específicos e também trabalhar em longo tempo em profundidades altas.

Gostou do nosso artigo? Que tal deixar para nós um feedback com sua opinião nos comentários? Sua opinião é muito importante para nós!

Até mais!

Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.