MENU
Portos e estaleiros
Menu
Início Especialistas afirmam que setor portuário precisa de investimentos, apesar do alto crescimento

Especialistas afirmam que setor portuário precisa de investimentos, apesar do alto crescimento

outubro 28, 2021 às 10:25 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O setor portuário é um dos que mais rendem capital ao Brasil e, apesar do crescimento recente, são necessários mais investimentos e estrutura
O setor portuário é um dos que mais rendem capital ao Brasil e, apesar do crescimento recente, são necessários mais investimentos e estrutura. Fonte: Divulgação

O setor portuário é um dos que mais rendem capital ao Brasil e, apesar do crescimento recente, especialistas comentam que são necessários investimentos e mais estrutura

A preocupação com o rendimento do PIB (Produto Interno Bruto) de um país é dever de qualquer governo que se preze e, se tratando do Brasil, o setor portuário é um dos que mais rende, com um crescimento considerável recentemente. Entretanto, na última quarta-feira, (27/10), alguns especialistas comentaram que o setor necessita de mais investimentos, principalmente se tratando da estrutura dos portos. 

Leia também:

Investimentos no setor portuário podem alavancar a economia do Brasil, segundo especialistas

Atualmente, o setor marítimo é o responsável pela maior parte do recebimento de cargas e exportação no Brasil, somando cerca de 95%, o que, consequentemente, implica em uma circulação de capital altíssima. Entretanto, a estrutura dos portos do país deixam a desejar e o setor portuário é um dos mais sucateados, principalmente em relação aos complexos portuários públicos, os quais necessitam de mais investimentos urgentemente, segundo especialistas. 

O secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni, comentou sobre a necessidade do setor portuário no país e afirmou que “Mais de 80% do PIB brasileiro está concentrado em estados que têm limites com a costa do Brasil, se aproveitando dessa grande costa para o transporte de cabotagem, então, para distribuição de produtos dentro do Brasil, os portos são muito importantes”, ou seja, o potencial para lucros relacionados aos portos no país é altíssimo, basta apenas a vontade de colocar investimentos nesse setor para que isso aconteça. 

Para se ter uma ideia da tamanha importância desse setor no capital brasileiro, a Agência Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (ANTAQ) informou que o setor portuário circulou cerca de 809,8 milhões de toneladas de cargas somente entre janeiro e agosto deste ano, o que equivale a 7,5% a mais, se comparados com o que foi movimentado no mesmo período no ano de 2020. Entretanto, apenas 34% passaram por portos públicos, em razão da necessidade de investimentos na estrutura desses locais. 

Porto de Santos é a prova de que o setor portuário tem alto potencial, mas necessita de investimentos em estrutura

O potencial desse setor no Brasil é altíssimo e o Porto de Santos é uma prova disso, uma vez que ele é o maior complexo de portos de toda a América Latina, além de ser o que mais movimenta cargas de alto valor agregado para o país. A capacidade do complexo portuário de Santos é tão magnífica que o local é, sozinho, responsável por cerca de 30% da circulação de comércio internacional no país. Assim, é visível a importância desse setor no Brasil e fica mais claro a necessidade de investimentos em estrutura para potencializar esses ganhos.

O consultor em infraestrutura, Adalberto Vasconselos, comentou sobre a capacidade do Brasil em ser um grande competidor internacional no setor portuário, mas que são necessários investimentos para isso, e afirmou também que “em termos de movimentação portuária, a gente representa apenas cerca de 1,2% das exportações. Tem que adotar medidas para tornar esses espaços dentro dos portos públicos mais atrativos, diminuir dos navios parados e das operações para que os nossos produtos cheguem lá fora muito mais competitivos”

Mesmo com todos esses obstáculos em relação à estrutura dos portos no Brasil, o setor portuário cresceu cerca de 4% em relação ao ano anterior, de acordo com o Ministério da Infraestrutura e a previsão é de que o crescimento chegue a 8% até o final do ano de 2021, o que mostra ainda mais o potencial do país nessa área.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes