Início Após privatização, Porto de Santos será o maior do Hemisfério Sul, afirma Ministro da Infraestrutura

Após privatização, Porto de Santos será o maior do Hemisfério Sul, afirma Ministro da Infraestrutura

dezembro 27, 2021 às 12:08 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Ministro da Infraestrutura comenta sobre privatização do Porto de Santos e afirmou que ele será o maior do Hemisfério Sul
Ministro da Infraestrutura comenta sobre privatização do Porto de Santos e afirmou que ele será o maior do Hemisfério Sul. Fonte: Germano Lüders

O ministro da Infraestrutura comentou recentemente acerca da privatização do Porto de Santos e afirmou que ele será o maior do Hemisfério Sul após o projeto

O Brasil está cada vez mais próximo dos processos de privatização, principalmente se tratando do setor portuário, e o ano de 2022 tem previsão para ser um grande período de avanços em relação a esse projeto. Acerca do tema, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, comentou durante esta quinta-feira, (23/12), que o Porto de Santos irá se tornar o maior do Hemisfério Sul após o processo.

Veja também:

Privatização dos portos brasileiros irá contribuir para o crescimento do setor, segundo o ministro

Recentemente ocorreu um processo de concessão de nove ferrovias do governo federal para a iniciativa privada e o ministro da Infraestrutura aproveitou o momento para destacar a importância do processo de privatização dos portos brasileiros para que o setor consiga crescer de forma mais acelerada e garantir um espaço maior no mercado do mundo inteiro, além de expandir no mercado nacional. 

Tarcísio Gomes de Freitas ainda comentou acerca do processo de privatização de forma mais detalhada e fez alguns destaques em relação à importância desse momento, destacando que“Os portos serão privados em muito pouco tempo. A primeira privatização portuária foi aprovada ontem pelo TCU [Tribunal de Contas da União], no Porto do Espírito Santo. Ele irá à leilão provavelmente em março. o Brasil está caminhando para ter a estrutura mais privada do mundo”.

Somente durante o ano de 2021, treze terminais portuários foram ativos de concessões em leilões executados pelo Ministério da Infraestrutura, com uma geração de R$ 1,8 bilhão em investimentos, com R$ 813,7 milhões de outorga e cerca de 26.993 empregos, o que leva o ministro a apoiar ainda mais o processo no setor portuário do Brasil. 

Tarcísio Gomes de Freitas destaca que o Porto de Santos, após a privatização, será o maior do Hemisfério Sul

O Porto de Santos já é um dos maiores do país, com cerca de 297.349 metros quadrados, e está passando pelo processo de privatização, que tem investimento previsto de R$ 678,3 milhões durante a vigência do contrato de duração de 20 anos. Assim, o que se espera com esse processo é que os milhões investidos na infraestrutura e operação do porto possam contribuir para uma expansão do local no mercado internacional. 

Ainda acerca do processo de privatização do setor portuário, o ministro destacou que “Na sequência vem São Sebastião, Itajaí e depois o Porto de Santos. E, com isso, ninguém segura mais esse movimento. Só em Santos são R$ 16 bilhões de investimentos, com aprofundamento de canal, de 15 para 17 metros, e investimentos em acesso, tanto ferroviário quanto rodoviário”.

O executivo também comentou sobre o potencial do Porto de Santos, afirmando que “Vamos pegar o maior porto da América Latina e transformar no maior porto do Hemisfério Sul. O porto que movimentava 130 milhões de toneladas vai movimentar 250. Esse ano já movimenta 165”. Dessa forma, o governo do país está bastante otimista em relação à privatização desse local e do crescimento do setor no país.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes