Início Wilson Sons continua com investimentos nos portos do Arco Norte

Wilson Sons continua com investimentos nos portos do Arco Norte

fevereiro 25, 2022 às 9:55 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A região do Arco Norte é o mais novo foco da Wilson Sons para os investimentos na logística e na infraestrutura dos portos locais, visando melhorias nas condições de movimentação de carga
A região do Arco Norte é o mais novo foco da Wilson Sons para os investimentos na logística e na infraestrutura dos portos locais, visando melhorias nas condições de movimentação de carga. Fonte: Divulgação

A região do Arco Norte é o mais novo foco da Wilson Sons para os investimentos na logística e na infraestrutura dos portos locais, visando melhorias nas condições de movimentação de carga

A gigante no setor de portos brasileiros, Wilson Sons, está cada vez mais focada nos investimentos dentro dos portos do Arco Norte e nas melhorias da logística local e, durante essa última segunda-feira, (21/02), comentou sobre a iniciativa. A empresa vê um grande potencial na movimentação de carga dentro dos complexos da região e pretende continuar com os esforços para garantir as melhorias necessárias nessas operações.

Veja também:

Região do Arco Norte é o novo foco da Wilson Sons em relação aos investimentos voltados para a logística e infraestrutura portuária 

A companhia Wilson Sons é uma das maiores no mercado de portos brasileiros em relação à movimentação de carga, soluções de logística e melhorias em infraestrutura portuária, contando com grandes projetos voltados para o mercado nacional. Agora, a empresa está visando a região do Arco Norte para aplicar diversos investimentos em melhorias na infraestrutura e logística, com foco na expansão das operações de movimentação de carga para garantir mais lucro nos complexos. 

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

O ano de 2021 foi bastante positivo para a Wilson Sons e a companhia contou com um crescimento expressivo no volume de manobras nos portos da região e, agora, tem expectativas positivas para os próximos anos, com a ajuda dos seus investimentos dentro do setor de portos. Mas o foco não é sem fundamentação, uma vez que, segundo a Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), os portos do Arco Norte, em conjunto, cresceram mais de 25% de 2016 a 2021, expandindo ainda mais as operações de movimentação de carga dentro do mercado nacional e internacional. 

Com isso, Mateus Melo, gerente regional da divisão de Rebocadores, destaca a necessidade de investimentos dentro da infraestrutura portuária e as melhorias que são precisas na logística dos portos, afirmando também que “O investimento em infraestrutura como ferrovias, por exemplo, será fundamental para suportar os projetos dos grandes players do mercado. O modal ferroviário é importante para o desenvolvimento do Arco Norte, além de ser uma excelente forma de conectar seus portos às demais regiões do país”.

Wilson Sons visa expandir ainda mais a sua presença nos portos brasileiros e atrair novos investimentos para a movimentação de carga no país 

A presença da Wilson Sons no mercado nacional cresce a cada ano e o mais recente ano de 2021 marcou os primeiros 12 meses completos da atuação da companhia em Santarém, porto em que a unidade de Rebocadores passou a operar em novembro de 2020. A companhia foi a primeira a atuar com um rebocador azimutal com mais de 45 toneladas de tração estática (TBP) nas operações da região e, por isso, estudou as necessidades do porto, fez a capacitação dos trabalhadores e colaboradores e investiu pesado na infraestrutura e logística local. 

Assim, a movimentação de carga no Arco Norte contou com grandes destaques como o minério de ferro, petróleo e derivados, grãos e fertilizantes. Outro fator positivo para as operações é a divisão de Rebocadores, que tem forte atuação no terminal de Ponta da Madeira e contribui para que o minério de ferro seja a carga de maior representatividade para a companhia no Arco Norte.

Por fim, em relação aos produtos do agronegócio como a soja e outros grãos, a Wilson Sons cresceu quase 20% no volume de manobras de navios, marcando ainda mais a sua presença dentro do segmento. Agora, com os novos investimentos no Arco Norte, a empresa pretende alcançar um novo patamar dentro do setor de portos brasileiro durante os próximos anos.

Relacionados
Mais recentes