Início Porto de Imbituba realiza exportação de 16,5 mil toneladas de pellets de madeira no navio Agia Sofia

Porto de Imbituba realiza exportação de 16,5 mil toneladas de pellets de madeira no navio Agia Sofia

julho 22, 2022 às 11:18 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O complexo portuário continua expandindo a sua movimentação de cargas e, nesta semana, finalizará a exportação de 16,5 mil toneladas de pellets de madeira que sairão do Porto de Imbituba com destino ao mercado europeu no navio Agia Sofia.
Fonte: Informativo dos Portos

O complexo portuário continua expandindo a sua movimentação de cargas e, nesta semana, finalizará a exportação de 16,5 mil toneladas de pellets de madeira que sairão do Porto de Imbituba com destino ao mercado europeu no navio Agia Sofia.

Localizado no estado de Santa Catarina, o Porto de Imbituba iniciou o carregamento do navio Agia Sofia com mais de 16,5 mil toneladas de pellets de madeira nesta última terça-feira, (19/07), e deverá finalizar a operação de exportação nesta sexta-feira, (22/07). Essa é mais uma operação que contribuirá para o crescimento operacional do complexo catarinense e terá como destino, o mercado europeu para o abastecimento dos países com esse recurso.

Navio Agia Sofia carrega mais de 16,5 mil toneladas de pellets de madeira e sairá do Porto de Imbituba para o mercado europeu em operação de exportação 

O Porto de Imbituba iniciou esta semana com grandes operações realizadas no complexo, entre elas, a primeira operação de embarque de pellets de madeira, mais precisamente de 16,5 mil toneladas do produto, que foram carregados no navio Agia Sofia durante esta última terça-feira. Agora, a companhia segue para os preparativos para a saída da embarcação para a exportação do produto nesta sexta-feira, com destino no continente europeu. 

Artigos recomendados

Os pellets de madeira são recursos renováveis muito comuns no mercado da Europa, em razão da sua utilização como fonte renovável de energia para o abastecimento do continente, que aumentou agora, a procura devido aos conflitos geopolíticos.

A guerra entre a Rússia e a Ucrânia impactou fortemente o abastecimento de pellets de madeira na região e, por isso, a exportação desse produto pelos portos nacionais se tornou ainda mais durante essas últimas semanas, como forma de suprir a necessidade do continente. 

No primeiro navio a passar pela operação de exportação no Porto de Imbituba, o Agia Sofia, o produto pertence a quatro exportadores de Santa Catarina e dois do Paraná que devem enviar mais um navio com a carga, em outubro.

Além disso, até o fim do ano de 2022 um novo grupo de exportadores deverá utilizar o complexo catarinense para realizar mais embarques de produto com foco no mercado europeu. O setor portuário brasileiro vem sendo fortemente beneficiado com a busca de operações de exportação de produtos para o continente europeu e o Porto de Imbituba vem aproveitando o cenário. 

Operações de pellets de madeira no Porto de Imbituba devem crescer em 2022 e complexo catarinense segue expandindo a exportação de mercadorias 

A operação de embarque e exportação de pellets de madeira para o continente europeu com o navio Agia Sofia é apenas uma das grandes atividades que serão realizadas neste ano no local. Isso, pois, a autoridade portuária do complexo catarinense afirma que, durante o ano de 2022, essas operações com pellets de madeira devem totalizar em torno de 60 mil toneladas e serão realizadas pela Serra Morena, que também armazena a carga na retroárea do Porto.

Já para o início do ano de 2023, já estão previstas cerca de 10 operações de embarque de pellets de madeira para a exportação com foco no mercado internacional. Dessa forma, o Porto de Imbituba continua expandindo a sua presença no ramo de movimentação de cargas no Brasil. 

O complexo fechou o 1.º semestre de 2022 com 3,5 milhões de toneladas movimentadas, representando alta de 19,3% na operação de cargas em relação ao mesmo período do ano passado e realizou operações com cerca de 139 navios, um crescimento de 8,6% no número de embarcações em comparação com o ano de 2021. Agora, o porto aproveita a exportação com o navio Agia Sofia para atrair novos olhares para essas atividades na região.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes