Tuesday, 30 de November de 2021

Leilão do Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba já tem data marcada para acontecer

A data para o leilão do Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba já está definida e será um dos primeiros no setor portuário do Brasil

A data para o leilão do Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba já está definida e ocorrerá de forma simplificada, sendo um dos primeiros no setor portuário do Brasil

Nessa sexta-feira, (19/11), foi é um dia que ficará marcado na história, pois será nessa data, em que está previsto para acontecer o leilão do Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba. O leilão ocorrerá na sede da Bolsa de Valores Oficial do Brasil, a B3, e será um dos primeiros no setor portuário brasileiro.

Continua Depois da Publicidade

Não perca essas notícias:

Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba será um dos primeiros a serem leiloados no Brasil 

A privatização e leilão de inúmeros portos no Brasil é uma das questões mais recorrentes em relação ao setor portuário, com pessoas tanto a favor quanto contra o processo, mas o governo mantém sua postura em relação ao tema e pretende investir em leilões para o setor portuário do país, com a intenção de potencializar a infraestrutura dos locais e atrair mais investimentos, expandindo assim o segmento no mercado nacional e internacional

Agora é a vez do Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba ter o seu leilão e ser vendido para uma das interessadas no porto e o evento irá ocorrer na sede da B3, a Bolsa de Valores Oficial do Brasil, localizada em São Paulo, a partir das 11 horas da próxima sexta-feira. O Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba é um dos primeiros do setor portuário brasileiro a serem leiloados e terá um contrato inicial de 10 anos para investimentos futuros com a empresa que arrematar o porto. 

O início do processo para o leilão do Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba começou a acontecer ainda em 2020, com a protocolização do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental na Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, em Brasília. Agora, o processo conseguiu ser finalizado para que o leilão possa acontecer como era o previsto no evento da próxima sexta-feira. 

Empresa que arrecadar o Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba irá realizar investimentos milionários em infraestrutura 

O principal objetivo do governo na realização dos leilões no setor portuário brasileiro é o investimento em infraestrutura e qualidade de serviço, que ficará por conta da empresa que arrematar os locais e com o Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba não seria diferente. O contrato de 10 anos para o leilão inclui a ampliação da estrutura do terminal, que passará a ter cinco tanques em operação e capacidade de armazenagem estática para 12.699 metros cúbicos.

Atualmente, o Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba possui cerca de três tanques de armazenamento, mas dois deles não estão em operação. Assim, a previsão é de que, com a arrematação da empresa no leilão, esses tanques possam voltar à ativa e proporcionar ainda mais a expansão no transporte e armazenamento de cargas na região, com um desenvolvimento maior para o setor portuário no país. 

Além disso, a empresa que arrematar o Terminal de Granel Líquido do Porto de Imbituba no leilão terá que investir cerca de R$ 25 milhões nos próximos 10 anos do contrato para a melhoria da infraestrutura do local, além da expansão dos tanques de armazenamento. Com isso, o governo pretende potencializar a qualidade do serviço do porto para expandir o armazenamento e transporte de cargas.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.