Sunday, 22 de May de 2022

Governo do Ceará assina memorando de entendimento para Hub de gás natural no Porto do Pecém

Governo do Ceará se une à BP Gas & Power Investments para a assinatura de um memorando de entendimento, que visa o desenvolvimento de Hub de gás natural no Porto do Pecém

O governo do Ceará se uniu à uma empresa britânica de energia para a assinatura de um memorando de entendimento que visa o desenvolvimento de Hub de gás natural no Porto do Pecém

A vice-governadora do Ceará assinou nesta última segunda-feira, (17/01), um memorando de entendimento (MoU) entre o Governo do Ceará e a empresa de energia britânica BP Gas & Power Investments. O objetivo principal da parceria é o desenvolvimento de um Hub de gás natural no Porto do Pecém, investindo em energias renováveis para o porto.

Confira outras notícias do setor:

BP Gas & Power Investments assina memorando de entendimento com o Governo do Ceará para desenvolvimento de hub de gás natural no Porto do Pecém

O governo do Ceará, por meio da vice-governadora, assinou um memorando de entendimento com a empresa de energia britânica BP Gas & Power Investments. Assim, a parceria irá servir para o desenvolvimento de um Hub de gás natural dentro das instalações do Porto do Pecém, visando abastecer as operações com energias renováveis e contribuir com a agenda ambiental para a redução dos impactos causados por combustíveis fósseis.

A reunião contou também com a participação de representantes do estado, como o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Governo do Estado, Maia Júnior; o titular da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), Lúcio Gomes; o secretário da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará (Secitece). O aproveitamento do potencial para a produção de energias renováveis no estado é o principal objetivo da parceria do governo com a empresa britânica, dando mais um passo para um futuro mais sustentável nos portos brasileiros. 

Além disso, a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela ressaltou a importância do desenvolvimento dessa parceria para uma maior visibilidade para as energias renováveis no Brasil e afirmou que “Aqui no Ceará nós temos trabalhado muito, mas também com essas parcerias fundamentais, no sentido de posicionar o estado em uma condição importante, condizente com o potencial que nós temos e se encaixa nesta questão energética. Além de tudo que isso representa, tanto para o desenvolvimento do Ceará, mas também para o mundo”.

Memorando de entendimento assinado pelo Governo do Ceará com empresa britânica simboliza um grande passo para o desenvolvimento do estado 

A transição energética é uma alternativa cada vez mais próxima e necessária para a realidade brasileira e global, uma vez que os impactos ambientais seguem crescendo a cada ano. Dessa forma, o aproveitamento do potencial de geração de energia a partir do gás natural no estado do Ceará simboliza um grande passo para essa iniciativa não só no estado, mas no país inteiro. Assim, tanto o estado nordestino quanto o Porto do Pecém serão uma referência na produção de energias renováveis com esse projeto. 

O grupo  BP Gas & Power Investments é líder no setor de energia e está presente em 70 países, além de que, em fevereiro de 2020, anunciou a sua ambição de ser neutro em carbono em 2050, ou antes, e de ajudar o mundo a atingir a mesma marca. No Brasil, a companhia já está presente há mais de 50 anos e continua com seus esforços para contribuir no incentivo à produção de energias renováveis, buscando parcerias com diversas companhias e governos estaduais, como ocorreu com o do Ceará. 

Assim, o desenvolvimento do hub de gás natural será bastante benéfico para as operações do Porto do Pecém, que começou 2022 comemorando a marca de 20 milhões de toneladas (t) de cargas movimentadas em um único ano, fato inédito na história do terminal portuário. Com isso, o porto conseguirá expandir ainda mais as operações de maneira mais sustentável e contribuindo para a agenda ambiental.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.
Load more