MENU
Notícias
Menu
Início Desastre urgente: Navio eólico offshore afunda com tempestade deixando mais de 26 desaparecidos e mortos na China

Desastre urgente: Navio eólico offshore afunda com tempestade deixando mais de 26 desaparecidos e mortos na China

julho 4, 2022 às 7:11 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Desastre urgente: Navio eólico offshore afunda com tempestade deixando mais de 26 desaparecidos e mortos na China - Fonte: Energy Voice
Fonte: Energy Voice

Um navio eólico offshore afundou neste sábado, 02 de julho, na China. Outro que fazia parte do mesmo projeto chegou a se partir, ocasionando a morte de ao menos quatro membros e desaparecimento de vinte e seis trabalhadores. O naufrágio aconteceu a cerca de 300 quilômetros ao sul da cidade, no Mar da China Meridional. As buscas continuam nesta segunda-feira, 04 de julho. 

A notícia inicial foi compartilhada pelo portal Energy Voice e poucas informações sobre os feridos pelo acidente foram reveladas. Todos foram encaminhados para o hospital e as forças estatais da China buscam pelos desaparecidos. O acidente aconteceu porque o navio offshore eólico foi atingido por uma grande tempestade com raios de 108 milhas por hora (ca. 174 km/h), fazendo com que um deles se partisse ao meio e outro afundasse. 

Leia mais sobre vagas de emprego e setor naval:

Autoridades de Hong Kong não se mostram positivas e falam que as chances de conseguir encontrar mais pessoas são pequenas

Ao menos três pessoas foram encontradas no último sábado, 02 de julho. Entretanto, as autoridades do país afirmam que as possibilidades de encontrar mais pessoas, depois que houve a partição do navio em alto mar, são pequenas e quase nulas. Apesar das expectativas negativas sobre a possibilidade de encontrar novos colaboradores, na manhã do último domingo, 03 de julho, conseguiram localizar  mais sobreviventes.

As buscas haviam sido suspensas durante a noite de sábado, tendo em vista as más condições climáticas na região, que poderiam trazer riscos à saúde de outros colaboradores. Tendo isso em vista, houve retomada na manhã do dia seguinte, quando as condições estavam favoráveis para a navegação. 

Empresa responsável pelo navio se manifesta em Hong Kong e fornece apoio para as famílias que perderam entes queridos 

O Hong Kong Flying Service, empresa responsável pelos navios eólicos offshore, manifestou-se sobre o acidente para o jornal CNN e afirmou que gostaria de “dar o coração para as famílias que sofreram com a perda de entes queridos” e que fariam de tudo para garantir que os corpos fossem encontrados. 

As buscas continuam e, nesta segunda-feira, 04 de julho, mais um dos membros da navegação afundada foi encontrado na costa.  A demora para encontrar mais vítimas em alto mar ocorre devido às más condições de clima, que fazem com que se tenha mais lentidão e regulamentos. 

Ao todo, até o momento, é estimado que mais de 30 tripulações pertencentes à China já tenham sido enviadas em busca dos desaparecidos. O Fujing 001,  navio eólico offshore que partiu ao meio, consegue suportar pesos de ao menos 2 mil toneladas e é um dos mais utilizados pelos chineses para a realização de suas atividades em alto mar. 

Fonte: Energy Voice

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes