Monday, 29 de November de 2021

Antaq leiloa terminais nos complexos portuários de Maceió (AL) e Areia Branca (RN)

Antaq anuncia leilão de dois terminais no Porto de Maceió e no Complexo Portuário de Areia Branca, no Rio Grande do Norte, o MAC13 e o Tersab

A Antaq anunciou recentemente o leilão de dois terminais no Porto de Maceió e no Complexo Portuário de Areia Branca, no Rio Grande do Norte, o MAC13 e o Tersab

Nesta última sexta-feira, (05/11), A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) realizou um leilão de dois terminais portuários, o MAC13, no Porto de Maceió, e o Tersab, no Complexo Portuário de Areia Branca, localizado no Rio Grande do Norte. Com isso, a agência pretende trazer mais investimentos na infraestrutura e produtividade desses portos. 

Continua Depois da Publicidade

Confira outras notícias:

Terminais no Porto de Maceió e no Complexo Portuário de Areia Branca são leiloados 

O leilão realizado pela A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) aconteceu recentemente e tinha como objetivo a venda de alguns terminais portuários para investidores, o que pode beneficiar os locais em relação à infraestrutura e melhoria na produção. Os terminais MAC13, localizado no Porto de Maceió, e Tersab, localizado no Complexo Portuário de Areia Branca, foram arrematados e os investimentos devem começar nos próximos períodos nesses locais. 

O terminal do Porto de Maceió, MAC13, foi arrematado pela Empresa Alagoana de Terminais (Empat), a única que ofereceu um lance de R$ 15 mil de valor de outorga. Segundo os dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários, ou Antaq, a área em questão do MAC13 que foi leiloada possui 71.262m² e é destinada principalmente à circulação e armazenagem de granéis sólidos vegetais, especialmente o açúcar.

Já o terminal Tersab, do Complexo Portuário de Areia Branca, foi arrematado pelo Consórcio Intersal, durante o leilão da Antaq, por cerca de R$ 100 mil de valor de outorga, a empresa foi a única a dar um lance no terminal. Ao contrário do que ocorre no MAC13, o Tersab é utilizado para a circulação e armazenagem somente de granel sólido mineral, principalmente o sal marinho, e possui uma área total de cerca de 35.114m².

Antaq prevê investimentos futuros que podem beneficiar a infraestrutura dos terminais que foram leiloados 

O principal objetivo da Antaq com o leilão dos terminais portuários é, sem sombra de dúvidas, a possibilidade de investimentos em infraestrutura e produção que os locais receberão. Assim, o Porto de Maceió poderá continuar com sua alta produtividade com o açúcar e o Complexo Portuário de Areia Branca com o seu grande destaque em relação ao sal marinho. 

O secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni, comentou acerca da importância desse leilão e das possibilidades de crescimento em infraestrutura nos dois complexos portuários, bem como o seu desenvolvimento. O executivo também destacou: “Estamos especialmente felizes por estarmos encaminhando, trazendo uma infraestrutura mais adequada, trazendo contratos que vão dar segurança jurídica, com investimentos que serão realizados nas duas principais atividades de dois estados do país. Estamos falando do sal no Rio Grande do Norte, e do açúcar, no estado de Alagoas, as maiores geradoras de emprego”.

O contrato que as empresas que compraram os terminais portuários MAC13 e Tersab garante uma duração mínima de 25 anos para a finalização do acordo e investimentos milionários para os terminais. Enquanto os investimentos no Porto de Maceió com o MAC13 devem somar cerca de R$ 55,7 milhões, o valor que é previsto para ser investido no Tersab, localizado no Complexo Portuário de Areia Branca é calculado em R$ 164,1 milhões. Assim, os portos deverão ter grandes ganhos em infraestrutura e aumento na produtividade com os investimentos.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.